Viagens: Bacalhôa Buddha Eden

O Bacalhôa Buddha Eden é o maior jardim oriental na Europa. Localizado na zona centro do pais, no Bombarral, este grande jardim tem uma “dimensão de cerca 35 hectares, foi inicialmente criado pelo Comendador José Berardo, em resposta à destruição dos grandes budas afegãos de Bamiyan, onde teve lugar um dos maiores atentados culturais que acabou por destruir para sempre obras primas do período Gandhara do século VI D.C”.

Com este post quero dar a conhecer um pouco deste belo jardim, e aguçar a vossa curiosidade para o visitarem fisicamente!

21216226_1404405202990178_1115651285_o

Assim que entramos neste local, deparamo-nos com uma bela fonte, onde se encontra também, o bar/restaurante e a loja de lembranças. Seguimos um pouco mais e passamos pela estação de comboio, onde podemos visitar a quinta a partir deste (custo adicional de 3€). Passamos por aquilo que nos parece serr um arco do triunfo e ai, começamos a ver a beleza a acontecer, começamos a entrar no verdadeiro espírito desta cultura. Temos pela nossa frente um grande desfile de várias estátuas budas!

21222771_1404672902963408_1078177301_o

Mais à frente, vamos logo encontrar o lago do pagode, onde podemos visitar o pagode e contemplar a vista sobre o rio. Um pouco mais adiante encontramos o que é considerado por muitos o exilibris deste jardim: a escadaria dos budas dourados. Aqui pode contemplar-se estátuas de budas gigantes e, é claro, tirar algumas fotografias!

21150788_1775097982518871_1732094006_n

Sempre em conformidade com a natureza podemos desfrutar de torres de pagode, cascatas… Passeamos livremente pelo jardim, vamos aqui e ali, cada qual inicia o roteiro da maneira que prefere.

21198400_1404672799630085_284211415_o

Neste parque temos também a oportunidade de observar alguns guerreiros Xian em Terracota (guerreiros azuis), algo pouco habitual no nosso país.

21216284_1404672746296757_6157865_o

Quero também dar destaque ao labirinto de bambu e ao jardim de esculturas africanas que, na minha opinião, são um grande elogio a esta cultura que tanto se diferencia da nossa.

Escultura Moderna e Contemporânea

“O jardim de Escultura Moderna e Contemporânea proporciona um espaço tranquilo na natureza para apreciar arte moderna. Peças selecionadas da Coleção Berardo, como por exemplo de Alexander Calder, Fernando Botero, Tony Cragg e muitos outros, encontram-se dispostas no jardim rodeado de plantas diversas. Esta galeria em espaço aberto possui obras que são regularmente substituídas, proporcionando ao visitante experiências novas e interessantes em cada visita”.

Jardim Oriental

21246119_1404672976296734_455813728_o

“Este jardim foi inspirado e desenhado para transmitir uma sensação de paz, harmonia e serenidade. As esculturas, os pagodes, as lanternas em pedra, as árvores e as pontes convivem em perfeita sintonia. Ao percorrer os caminhos serpentinosos descubra em cada curva um novo e inesperado tesouro. As exóticas carpas Koi estão presentes em todos os lagos adornados por cerejeiras e árvores japonesas, enquanto o exótico imperial fica de guarda. Cerca de duas mil pedras e esculturas de terracota aguardam ser descobertas.”

Jardim de Esculturas Africanas

21171153_1404672992963399_761267576_o

“Este jardim é dedicado ao povo Shona do Zimbábue, que há mais de mil anos esculpe pedra à mão transformando-a em obras de arte.

O povo Shona acredita em espíritos ancestrais conhecidos como “Vadzimu”. As suas esculturas demonstram a união entre estes dois mundos, o físico e o espiritual. Estes incríveis escultores de pedra mantêm a crença de que cada pedra tem um espírito vivo, que influencia aquilo que se virá a tornar. O trabalho do artista é “libertar o espírito da pedra”. Existem mais de 200 esculturas dispostas sob a sombra de 1000 palmeiras.”

Informações Úteis

  • Visitas ao jardim, loja e restaurante: Todos os dias esceto 1 de janeiro e 25 de dezembro.
  • Abertura:  9 horas
  • Encerramento: 18 horas
  • Bilhetes: Jardim 4€, Comboio 3€
  • Site oficial: http://www.bacalhoa.pt/

 

E vocês, já visitaram este jardim oriental? Não quis mostrar todos os belos recantos deste sitio que se encontra em grande harmonia com a natureza para, vocês próprios, o descobrirem fisicamente.

21222838_1404672926296739_13834320_o

Beijinhos,

Sara Júnior

Anúncios

Favoritos de Julho

Visto que este mês está a chegar ao fim, trago-vos os produtos que mais me despertaram o interesse neste mês de julho.

Cabelo:

  • Máscara Fortificante Cien

received_1374856695945029.jpeg

Esta máscara de cabelo contém arginina e proteínas de trigo, e promete reparar, suavizar e revitalizar o cabelo. É indicada para cabelos estragados e desvitalizados.

Adorei este produto porque, sem dúvida, deu mais vida ao meu cabelo. Esta máscara tem uma textura suave o que torna o cabelo macio.

  • Champô Queratina Cien

    received_1374856715945027

Este produto promete reparar, proteger e hidratar o nosso cabelo e, sem sombra de dúvida, que o faz perfeitamente. O meu cabelo ficou muito brilhante e leve (sensação de cabeleireiro).

  • Spray Protetor Térmico Cien

    received_1374856459278386

Este spray promete: envolver o cabelo como um escudo protetor e protege a estrutura capilar contra danos provocados pelo calor; prepara o cabelo para penteados com secador ou alisador, para alisar ou definir caracóis; confere brilho ao cabelo, sem o deixar pesado.

Sem dúvida que este spray protege o cabelo na hora do contacto com o secador ou modelador, cumprindo as suas promessas.

 

O uso destes 3 produtos em conjunto tornou o meu cabelo mais saudável, luminoso e reparado. A marca Cien pode ser encontrada nas lojas Lidl.

Maquilhagem:

  • Batom Long Lasting Liquid WYCON

    20170729_100919.png

Esta foi a minha primeira experiência com um batom liquido mate e ADOREI! Este batom é super confortável nos lábios com um efeito aveludado. Para além disso tem um cheirinho doce incrível. O meu é na cor 52 Red Aperitif , o que combina super bem comigo.

  • Eyebrow Stylish Set Essence

    20447216_1374859749278057_1180979264_o.jpg

Este conjunto contém 2 sombras de preenchimento de sobrancelhas e 3 moldes de sobrancelha para quem, como eu, não se ajeita nestas andanças. Por estes motivos, este produto, foi um dos favoritos do mês.

Cremes:

Nesta categoria vou falar de 2 cremes de rosto que tive oportunidade de experimentar as suas amostras.

  • Hydra Genius L’oreal

    20517451_1374860175944681_935196486_o

Este produto é indicado para peles normais a mista e oleosa. Eu adorei este produto visto que, hidrata a pele e não a deixa oleosa.

  • Hidratante Apaziguante Botânico com Água Floral de Rosa Garnier

    20472619_1374860189278013_1042306918_o.jpg

Este creme, com um cheirinho maravilhoso, deixa a pele hidratada e pouco oleosa. Para além disso é 96% natural.

Entretenimento/ Cultura:

  • Agenda Mr. Wonderful

    17670448_1374860375944661_935210168_o.jpg

Apesar de ainda não ter começado a utilizá-la, esta agenda foi amor à primeira vista, e até já tem uma review aquino blog (https://cabecanaluaa.wordpress.com/2017/07/20/agendas-mr-wonderful/

  • Livro 50 Sombras Livres

    20495753_1374860302611335_664385765_o.jpg

Esta história de amor, último livro desta trilogia, também já mereceu destaque aqui no blog, mas não foi por isso que deixou de ser um favorito deste mês (https://cabecanaluaa.wordpress.com/2017/07/18/livros-lidos-em-2017/ ).

  • Livro Mr.Chartwell

    20464918_1374860292611336_57814945_o.jpg

Quem gosta de cães tal como eu, concerteza vai adorar esta história insólita, que junta um pouco de História Mundial. Falo um pouco sobre ele neste post: https://cabecanaluaa.wordpress.com/2017/07/18/livros-lidos-em-2017/

  • Série RTP Madre Paula

    Encantou-me desde o inicio e continua a encantar. História, amor, religião… baseado em factos da História de Portugal e baseado num livro, esta série chamou-me a atenção desde o primeiro minuto. Falo mais detalhadamente sobre a série aqui: https://cabecanaluaa.wordpress.com/2017/07/27/serie-madre-paula/

 

O que acharam dos meus favoritos? Já conheciam algum e também adoraram?

Beijinhos,

Sara Júnior

 

Viagens: Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro da Batalha

Um mosteiro é uma construção grandiosa onde, na idade média, os monges viviam em comunidade.

No passado fim de semana fiz uma visita a dois mosteiros da zona centro do país (Alcobaça e Batalha), pertencendo o primeiro à ordem de Cister e o segundo à ordem Dominicana.

Mosteiro de Alcobaça

20399220_1372257549538277_1885583605_o

O Mosteiro de Alcobaça é uma das primeiras construções da ordem de Cister em Portugal, datando a fundação da Abadia de Santa Maria de Alcobaça 8 de abril de 1153.

De construção gótica, este mosteiro tem como função inicial o povoamento desta zona do país e, consequentemente, defesa militar.

É neste mosteiro que se encontram os túmulos de D.Pedro e D.Inês, os protagonistas da história de amor proibida.

20394937_1372257676204931_627358271_o

Local muito agradável para se visitar a dois ou em grupo e conhecer um pouco da história deste local e da vida dos monges que aqui viviveram. No site da Direção Geral do Património e Cultura poderá encontrar mais informação sobre este local (http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/museus-e-monumentos/dgpc/m/mosteiro-de-alcobaca/).

Mosteiro da Batalha

20353825_1372260269538005_1579295985_o             20399427_1372260209538011_2034997942_o

O Mosteiro da Batalha ou Mosteiro de Santa Maria da Vitória, foi mandado construir como cumprimento de uma promessa do rei D. João I, em agradecimento por ter vencido a batalha de Aljubarrota. A sua edificação teve inicio nos finais do século XVI.

20447053_1372260262871339_748888728_o.jpg

Em termos artísticos, este monumento enquadra 3 estilos: gótico, manuelino e renascentista.

É um local que vale realmente a pena visitar, devido à sua variedade de estilos arquitetónicos e a beleza do local. Para obter mais informações visite o site da Direção Geral do Património e Cultura (http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/museus-e-monumentos/dgpc/m/mosteiro-da-batalha/).

 

Atualmente, todos os monumentos sob alçada da Direção Geral do Património e Cultura, têm entrada gratuita todos os domingos até às 14 horas, por isso, há que aproveitar!

E vocês, já conhecem estes dois monumentos da história do nosso país? São realmente fantásticos!

 

Sara Júnior

Viagens: Passadiços do Paiva- Arouca

Os Passadiços do Paiva localizam-se no concelho de Arouca, distrito de Aveiro (centro de Portugal). São cerca de 8,5 km repletos de natureza e paz, com paisagens de beleza ímpar.

20187351_1364820946948604_764336317_o

24 de abril de 2017,

Nove horas e Trinta minutos

Estava um dia quente. A nossa longa caminhada começa no dia 24 de abril, por volta das nove e meia. Iniciamos este passeio pela entrada em Areinho, que nos foi indicada como sendo a menos exigente. Os bilhetes já os havíamos comprado pelo site oficial dos Passadiços do Paiva (http://www.passadicosdopaiva.pt/), apesar de poderem ser adquiridos no local de entrada.

Começámos por um caminho de terra batido que levar-nos-ia a uma escadaria sinuosa. Após esta íngreme subida chegamos à bilheteira onde mostrámos os nossos bilhetes. Continuámos a nossa viagem. Subindo e descendo, fomos apreciando a bela paisagem de que podíamos desfrutar e apreciar.

20196435_1364821000281932_823129611_o

Onze horas e Cinquenta minutos

Entre as onze e trinta e o meio dia parámos para fazer um pic-nic e acabámos por almoçar. Já nos encontrávamos bastante cansados e com fome, por isso veio mesmo a calhar! Após recolhermos todos os nossos pertences e colocarmos o lixo no devido lugar seguimos o nosso percurso.

20187312_1364821096948589_874997355_o

Treze horas

Por volta da uma hora chegou a tão esperada ponte suspensa. Apesar de não ser obrigatória a sua passagem, não deixou de ser divertido fazê-lo. Mas ainda nos faltava uma longa caminhada pela frente. Continuámos calmamente, já um pouco exaustos. Fomos apreciando a beleza da paisagem que nos era proporcionada pelo rio, as plantas e os animais encontrados neste belo local.

Quinze horas

Estávamos cansados. Melhor. Estávamos muitíssimo cansados. Mas chegámos ao fim! Apesar do alto nível de exigência deste percurso demo-nos por satisfeitos por termos podido ver paisagens tão belas. Ao chegarmos ao fim dos passadiços, cada um comeu um belo gelado e aguardamos pelo táxi que nos levou para os nossos carros.

 

Concelhos:

  • Se possível, não vá num, dia de muito calor, visto que, torna o percurso mais exaustivo.
  • Não vá muito carregado!
  • Faça o percurso Areinho-Espiunca, visto que é o menos exigente.
  • Se for fazer a caminha nos dois sentidos (ida e volta), opte pelo percurso Espiunca-Areinho.
  • Coloque protetor solar.
  • Leve água (é importante manter-se hidratado).
  • Desfrute das paisagens e das praias fluviais existentes no percurso.

20180138_1364821073615258_2146173438_o.jpg

Apesar de exaustivo é um passeio que recomendo a todos. Tentem não ir num dia muito quente pois isso é desfavorável à resistência física de cada um. E vocês, já se aventuraram nesta caminhada tão longa mas bela? O que acharam?

Beijinhos,

Sara Júnior